Privacidade de Dados: não corra riscos na web

Privacidade de Dados

A privacidade de dados é uma questão de extrema importância, uma vez que vivemos em um mundo cada vez mais digital. Apesar de existirem leis que visam garantir essa segurança, ainda há empresas que não adotam as práticas necessárias para proteger os dados de seus clientes e funcionários. Diante dessa demanda, o dia 28 de janeiro foi estabelecido como Dia Internacional da Privacidade de Dados.

A data foi instituída em 2006, a fim de conscientizar as pessoas sobre a importância da privacidade e proteção dos dados.  De acordo com o Relatório Global de Fraude & Risco, da Kroll (líder global em consultoria de riscos e investigações corporativas), uma em cada quatro empresas sofreu violação e perda de dados no período de um ano. Além disso, a perda de dados empresariais cresceu 87% em 2017, atrapalhando o cumprimento das normas de conformidade e a confiança do cliente.

Dados são realmente importantes para nós da MLSoft, pois é por meio deles que conseguimos realizar nossos serviços. Por isso trouxemos algumas dicas que vão ajudar a garantir sua segurança no mundo digital.

1. Tenha senhas fortes

O primeiro passo para proteger seus dados é ter senhas que lhe ofereçam segurança. Fazer combinações entre letras, números e símbolos é uma boa opção. Evite as clássicas senhas fáceis, como sequências com números invertidos, nome de pessoas próximas, data de nascimento e  coisas do tipo, estes serão os primeiros palpites de alguém que esteja tentando acessar sua conta.

2. Cuidado ao seguir links

Uma das formas mais fáceis de cair em uma armadilha digital é seguindo links não confiáveis. Por isso, quando for usar sites que armazenam dados, como bancos e lojas, confira se aquele URL está correto antes de colocar seus dados ali. É grande a quantidade de pessoas que já sofreram fraudes por confiarem seus dados à sites muito parecidos com os que elas pretendiam acessar, por isso, todo cuidado é pouco.

3. Não informe seus dados com facilidade

Deixar suas redes sociais logadas quando não estiver usando pode não ser uma boa ideia, bem como deixar informações importantes, como senhas, armazenadas em seu navegador. A inserção de dados em sites também deve ser feita com cautela, e só quando for realmente necessário, bem como as redes wi-fi públicas, evite a gestão de conteúdos sensíveis quando estiver navegando em uma.

4. Treine os usuários

A forma mais fácil de uma pessoa realizar uma fraude é por meio de usuários desinformados ou que não estão familiarizados com as ferramentas ou plataformas, pois estes podem abrir links ou autorizar transações fraudulentas. Orientar os funcionários e pessoas próximas é essencial e pode impedir que você seja vítima de uma fraude.

5. Mantenha os softwares atualizados

A utilização de softwares desatualizados faz com que seja mais fácil realizar ataques aos dados alheios. Para evitar estas ocorrências, mantenha seus programas atualizados para a versão mais recente, principalmente aqueles que garantem a segurança, como antivírus. Além dos softwares, também é importante fazer a atualização de seu sistema operacional sempre que houver uma evolução.

É importante ter bastante atenção na hora de usar a internet, principalmente porque hoje em dia é muito mais fácil manipular, gerenciar e usar dados. Agora que você já sabe como se proteger no mundo digital, compartilhe este artigo com um amigo que também precisa conhecer estas dicas.