Vagas Analista BI Jr. e Pleno

Pessoal, estamos buscando consultores de BI nível junior e pleno com experiência na suite de ferramentas da Microsoft, principalmente, SQL Server BI e Power BI.

Atividades:

  • Desenvolvimento de relatórios e paineis em Power BI;
  • Desenvolvimento de pacotes ETL;
  • Modelagem de soluções analíticas;
  • Consultoria em Business Intelligence;
  • Documentação de soluções.

Se você se candidatar para a vaga de Pleno, as seguintes também serão sua atribuição:

  • Gerenciamento de equipe;
  • Elaboração de proposta técnica;
  • Proposição de arquiteturas de solução para novos projetos.

Requisitos Técnicos:

  • Microsoft Power BI;
  • Plataforma de BI Microsoft: SSIS, SSAS, SSRS;
  • SQL;
  • Inglês (really, inglês. Boa parte das nossas referências, materiais e até cursos internos são em inglês, então tem que saber!)

Diferencial ter interesse ou experiência em:

  • Data Analytics;
  • Machine Learning;
  • Azure.

Características da Vaga:

  • Disponibilidade imediata;
  • Salário, plano de saúde, VR+VA.

Achou interessante? Envie o seu currículo para o e-mail vagas@mlsoft.com.br, com o título CANDIDATO À VAGA DE ANALISTA <JR ou PLENO>. Se seu perfil for o que buscamos, te chamaremos para tomar um café e conversar conosco!

Power BI Drillthrough – Entenda ainda melhor os seus dados

Hoje, vamos falar um pouco de um dos nossos melhores amigos, o Power BI Drillthrough.
Vamos mostrar a vocês, a importância do Drillthrough no dia a dia dos analistas de négocios.

O uso dessa funcionalidade, possibilita aos analistas de negócios, analisar minunciosamente as informações pertinentes a uma parte específica de um gráfico.

Ex: Olhando para um gráfico de barras, onde demonstra as vendas por cidades, preciso identificar, em algumas circunstâncias, as pessoas que compraram em uma única cidade. O Drillthrough nos ajuda a, com apenas alguns cliques, visualizar as informações citadas acima.

Vamos entender melhor, como isso funciona na prática:

  • Na 1º página do relatório, temos um gráfico demonstrando as vendas por cidade.

Desafio: Precisamos identificar quem foram as pessoas que compraram na cidade de Cambridge.

  • Para isso, foi criada uma 2º página contendo a estrutura de detalhes das vendas do gráfico anterior:
  • Para que o Drillthrough funcione, na 2º página, a coluna city foi arrastada para a aba lateral VISUALIZATIONS na parte DRILLTHROUGH.

OBS: Como pré-requisito do Drillthrough, a coluna city deve existir nos gráficos das duas páginas.

  • Na página 1:
    • No gráfico, clique com o botão direito do mouse em cima da barra de Cambridge
    • Aponte o ponteiro do mouse em cima de Drillthrough e um seguida clique em página 2.
  • Na sequência da ação acima, note que a página 2 aparece filtrada conforme print abaixo:

O Drillthrough é uma funcionalidade simples de se implementar, como vimos acima, e que pode agregar um enorme valor para a equipe de negócios que está analisando o relatório!

O que você tem achado dos nossos posts? Conta pra gente nos comentários!

 

Novidades do Power BI em junho

Power BI

Este é o último post deste mês, novidades do Power BI em junho. Nos conte o que acharam e como podemos melhorar. Neste mês falamos sobre formatação para diferentes medidas do mesmo gráfico e como filtrar e ordenar na visão de modelagem de dados.

Formatação para diferentes medidas do mesmo gráfico

Diferenciar quais os rótulos de valores pertencem a uma linha e coluna, em alguns casos, era uma tarefa bem complicada.

No gráfico abaixo, temos vendas atuais como valores de colunas e as vendas do ano passado como linhas. Ao analisar os dados de Calgary, não conseguimos identificar qual informação pertence à coluna e qual à linha.

Com essa atualização, tornou-se possível formatar separadamente cada rótulo de valor, possibilitando uma melhor leitura.

  • Vamos ver como isso funciona na prática:
    • Clique em gráfico de linhas e colunas e vá em Formatar. Expanda Data Label e habilite a opção customize. Em seguida, selecione a coluna e modifique a característica color para vermelho.

Como resultado, vejam, no print abaixo, como conseguimos facilmente diferenciar os dois valores.

Filtrando e ordenando na visão de modelagem de dados

Essa, sem sombra de dúvidas é a melhor atualização desse mês.
Acabaram os problemas em querer, na tela de visão, filtrar e ordenar os dados.

Veja o quão excitante isso é na prática:

  1. O Print abaixo mostra o cadastro completo de todas as pessoas que compraram em um determinado estabelecimento.
  2. Considerando o cenário acima, gostaria de ver apenas as pessoas que moram em uma determinada cidade.

Considerando que estamos na mesma visão acima, clique na setinha ao lado do nome da coluna City, digite Beverly e em seguida deixe marcado apenas a opção Beverly Hills e clique em OK.

Note abaixo, que o resultado lista apenas as pessoas que moram em Beverly Hills.

  1. Podemos também, criar filtros mais específicos usando Text Filters

Clicando na seta a direita de AddressLine1, no caminho Text Filters/Starts with.

Uma janela como a da imagem abaixo será aberta. Digite 9 no campo à frente do starts with e clique em OK para aplicar o filtro.

Podemos notar no print a seguir, que só foram listados no resultado os AdressLine1 que começam com 9.

  • Ordenando os dados em ordem crescente pelo campo FirstName

Clicando na setinha ao lado de First Name, quando clicarmos em sort ascending os nomes serão ordenados em ordem crescente.

Note que após feito o passo anterior, os nomes foram ordenados.

Não se esqueça, os posts sobre as novidades do Power BI acontecem todo início de mês. Fique ligado!

Atualizações de maio no Power BI – Como usar?

Power BI

No segundo post da nossa série, vamos falar das atualizações de Maio no Power BI.

Formatação Condicional por uma coluna diferente

Anteriormente, com essa funcionalidade era possível colorir o fundo e o texto de uma coluna de forma simples.
Com a atualização desse mês, a Microsoft inseriu duas novas funções a essa funcionalidade:

  1. Color Based on: Aqui você escolherá o campo que será considerado para colorir as células alvo.
  2. Summarization: Abre o critério de sumarização do campo escolhido no Color based on.

Vamos ver como isso funciona na prática:

Exemplo 1:

No cenário abaixo, temos o total de vendas por país.

table

Nesse primeiro exemplo, vamos destacar os Países que menos faturaram dos que mais faturaram utilizando a formatação condicional.

  • Clique no gráfico e vá em Visualization. Decidido o campo que será formatado, clique na seta ao lado dele. Selecione a opção conditional formating e escolha se deseja formatar o Background/fundo ou a font/fonte do texto. No nosso exemplo trabalharemos em cima do fundo.

conditional-formatting-menu

  • Note que uma tela abre com algumas opções:

conditional-formatting-settings

Nesta tela, vamos configurar a formatação condicional aplicada ao campo Country Name baseado no somatório do campo Value.

  • Em Color Based on – Vamos usar um sum of value para somar os valores do campo value.
  • Em Sumarization/sumarização somaremos o campo Value.
  • Em Minimum/Minimo e Maximum/Maximo Para o menor valor vamos usar vermelho e para o mais alto vamos configurar como verde.

Clique em OK para validar a alteração.

OBS: Note que o gráfico coloriu o fundo da coluna country name, classificando de vermelho a verde conforme definido no passo anterior, utilizando uma escala entre as cores para os valores intermediários.

conditional-formatting-powerbi 

Sincronização avançada do slicer

Uma grande dificuldade encontrada anteriormente era fazer com que um mesmo slicer fosse aplicado a uma ou mais páginas.
Essa nova atualização, tornou possível sincronizar os filtros para que eles sejam aplicadas a diversas páginas.

Para simular essa situação, foram criadas duas páginas. A primeira contendo um slicer de países e um gráfico de barras exibindo as vendas do ano por pessoa e a segunda exibindo uma tabela com as informações da pagina anterior acrescida de uma coluna com os valores das vendas do ano anterior.

Vamos ver na prática como isso funciona:

  • Primeiro vamos habilitar a aba da sincronização do slicer.
    • Na aba VIEW no grupo SHOW habilite a opção Sync Slicer.
    • Note que abrirá uma aba lateral à direita da tela chamada Sync Slicer.

syncslicers-barchart

  • Para que o slicer fique visível e filtre as duas páginas de forma síncrona, devemos habilitar os quatro box a frente de page 1 e page 2. Em seguida expadir Advanced options e dar um nome para o box abaixo.

syncslicers

Independente da página que for o filtro aplicado, ele será repetido na outra e vice-versa.

No próximo post, escrevemos sobre as atualizações de Junho do Power BI. Fique de olho!

Power BI – Atulização de Abril – Aprenda a utilizá-las

Power BI

Esta semana, vamos correr atrás dos últimos meses (que não conseguimos publicar as novidades do Power BI). Faremos 3 posts falando sobre as atualizações do Power BI nos meses de abril, maio e junho. No post “Power BI – Atulização de Abril” (primeiro da nossa trilogia! rs) , vamos explicar as novidades e mostrar como vocês podem utilizá-las.

Explorador Q&A

O Q&A do Power BI Service é uma funcionalidade que permite que o usuário faça uma pergunta em linguagem natural e o produto entregue uma resposta em gráficos/tabelas/matrizes baseada na base dedados relevante.

Na atualização de abril, a Microsoft criou uma forma de usar o Q&A no Power BI desktop, onde é possível gerenciar uma ou mais perguntas. Esta funcionalidade é o Explorador Q&A.

Antes de qualquer coisa, para usar essa funcionalidade, precisamos habilita-lá no Powe BI Desktop. Para isso navegue para “options and settings” -> “Options” e depois clique em “preview features”, como mostram os prints a seguir, e marque Q&A:

    

Uma vez habilitada, estamos prontos para utilizar o Q&A.

A seguir vamos demonstrar como funciona essa nova funcionalidade:

  1. O explorador Q&A foi criado para que, no Power BI Desktop, pudéssemos utilizar botões ou imagens para fazer perguntas em linguagem natural, gravá-las e posteriormente recuperar as respostas.
  • Clique em Buttons e selecione a opção Q&A para criar o box no report.
    Em seguida, clique no botão criado. No menu lateral VISUALIZATIONS expanda o item Action e certifique-se de que o Type é Q&A.

  • Em cima do botão criado, segure CTRL e clique com o botão esquerdo do mouse para abrir a janela do Q&A.

  • Digite uma pergunta no box Ask a question about your data. Note que em seguida, o Power BI apresentará a resposta utilizando um gráfico/tabela/matriz.

OBS: Para não digitar as mesmas perguntas diversas vezes, nesta mesma tela temos o botão “Save and Close”. Sempre que entrarmos nela, todas as perguntas que foram salvas estarão disponíveis. Caso queira apagar perguntas salvas, use o X que fica ao lado da pergunta.

  1. É possível, também, retornar um report inteiro utilizando essa mesma funcionalidade.
  • Para isso, escolha a página que gostaria de exibir no Q&A e clique na parte branca do relatório. No menu lateral FORMAT expanda Page Information, habilite o Q&A e crie apelidos (caso sejam dois ou mais, os separe por vírgulas) para que o Explorador do Q&A possa reconhecê-los posteriormente.

  • Abra novamente a tela do Explorador de Q&A, e tente digitar qualquer dos apelidos que você criou anteriormente. Serão exibidos todos os gráficos/tabelas/matrizes que existem no relatório escolhido.

Ao publicar esse PBIX no Power BI Service, continuamos tendo acesso ao Q&A Explorer na parte de relatório. Não teremos permissões, porém, de inserir, apagar ou modificar as perguntas, pois foram criadas no Power BI Desktop.

Botões que disparam ações

Essa novidade é considerada por mim, uma das mais interessantes.
Para deixar iterativo e com cara de programa, a Microsoft disponibilizou a funcionalidade BUTTONS que são utilizados para gerar interação no Power BI.

É possível através desses botões, voltar para uma outra página, resetar um report ou até mesmo utilizar o explorador Q&A(tema do início deste post).

O print abaixo mostra todas as opções de botões disponíveis. A última opção, chamada Blank/Branco, é utilizada para criar um botão um botão em branco para ser customizado.

Vamos, na prática, entender como esses botões funcionam:

1. Neste cenário, temos duas páginas sendo a primeira com apenas um botão Q&A e a segunda contendo dois gráficos. O primeiro gráfico mostra as vendas atuais por pessoa e o segundo as vendas atuais por cidade.

  • Iniciando na segunda página, criei um botão com uma seta para esquerda, no canto superior direito, que possibilita, por padrão, voltarmos para a página 1.

Para que isso funcione, clique no botão, em seguida vá no menu lateral Visualizations e expanda Action. Certifique-se de que o Type do botão esteja como back. Em cima do botão, segure CTRL e aperte o botão esquerdo do mouse para voltar para a página 1.

  • Note que após seguirmos todo o processo anterior, o botão retornou para a primeira página criada.

  1. O comportamento dos botões, como dito anteriormente é customizável. Por exemplo, é possível que ao se passar o mouse sobre um botão, ele aumente de tamanho ou mude de cor. Vamos a um passo a passo de demonstração de um exemplo de utilização dessa funcionalidade. Vamos utilizar o mesmo arquivo do exemplo anterior.
  • Va à página 2, no menu lateral visualizations expanda Icon, selecione a opção On Hover, modifique a Line Color para roxo e o Weight para 2.

Notem no print a seguir que, após as alterações feitas no passo anterior, o botão têm suas características alteradas quando o mouse está sobre ele. 

Estilos de linha de gráfico combinado

Anteriormente, somente era possível escolher o tipo de linha a ser utilizada (por exemplo: pontilhada ou sólida) no gráfico tipo linha. No gráfico do tipo linhas e colunas, só era possível utilizar linhas sólidas.

Com essa atualização, o Power BI trouxe esse método de formatação também para o gráfico de linhas e colunas.

Gráfico original

  1. Para modificar o tipo de linha padrão do gráfico:
  • Acesse o menu lateral de formatação do gráfico, expanda Shapes e clique em Line Style. Dentre as 3 opções, para este exemplo, escolha Solid como padrão das linhas de valores.

  • Agora, modifique o tipo da linha da coluna Sales Quota, para Dashed.
    Para isso, ainda no menu lateral Shapes, habilite a opção Em seguida, na opção Line Style, selecione “Dashed”.

  • O print abaixo, mostra o quão melhor se torna a visualização das informações ao se utilizar linhas distintas para informações diferentes.

  1. Podemos modificar a legenda dos ícones de cada dado representado no gráfico.
    Note que, no exemplo anterior, tínhamos 3 valores e eles eram representados por bolinhas. Uma amarela e duas pretas. Nesta etapa, vamos modificar esses ícones para uma bolinha e 2 tipo de traços na legenda.
  • Para isso, clique no gráfico, vá em Formatar, expanda Legend e, em Style, selecione Line and Markers.
    Note que depois de modificado a representação da legenda ficou mais intuitiva.

Estas foram as atualizações de abril. Nos próximos posts, vamos abordar as funcionalidades adicionadas em maio e junho. Caso vocês precisem de auxílio na utilização ou na implantação do Power BI onde trabalham, entrem em contato conosco!

Microsoft segue como líder no quadrante mágico do Gartner

No dia 27 de Fevereiro de 2018 a Microsoft foi anunciada pela 11ª vez consecutiva como líder no Quadrante Mágico do Gartner para Analytics e Plataformas de BI.

A conquista é um marco importante que exalta a liderança da Microsoft em inovação, execução ágil e metodologia visionária para entregar os mais altos valores aos usuários e ao mercado.

E que forma melhor de mostrarmos esse histórico de sucesso do que utilizando alguns recursos legais do próprio Power BI ?! Abaixo disponibilizamos um relatório de Power BI feito pela MLSoft para mostrar a evolução de todos os players de BI ao longo dos anos de análise do Gartner. Para quem não conhece esse recurso basta clicar no botão de “play” na parte inferior do gráfico e assistir a movimentação das bolinhas do gráfico. Também é possível selecionar uma bolha específica para ver o traçado dela.

Teste você mesmo!

Evolução do posicionamento das Empresas



Gostou? Você também pode compartilhar através dos links na própria ferramenta!

O Power BI atualmente transformou a forma de analisar os dados em todo o mundo com seu modelo de Self-Service BI. As principais razões para que o Power BI fosse escolhido como principal plataforma de análise de dados são:

  • Bom custo-benefício: Usuários podem usufruir de vários recursos do Power Bi gratuitamente através do Power BI Desktop, pequenas organizações podem obter licenças individuais por um baixo custo mensal ou investir no Power BI Premium de acordo com sua necessidade.
  • Analise completa: A ferramenta oferece ao usuário a capacidade de transformar e utilizar os dados de diversas formas, permitindo a entrega de vários insights para a organização. Além disso a ferramenta permite conectar com as mais diversas fontes de dados, seja Microsoft ou de terceiros.
  • Gerenciamento centralizado: As empresas podem compartilhar seus relatórios com facilidade em um ambiente único e integrado. O modelo self-service possibilita a construção de análises de forma ágil enquanto a TI pode continuar mantendo a governança no ambiente.
  • Escala Global: Com o Power BI a organização tem a capacidade de compartilhar relatórios em qualquer parte do mundo com agilidade e confiabilidade.
  • Governança, segurança e conformidade: O Power BI conta com uma plataforma na nuvem Microsoft compatível com os padrões e certificados mais rigorosos, além de manter seus dados seguros e controlar como ele é acessado e utilizado.

Por último, é de se impressionar a quantidade de retorno e dedicação que vemos da comunidade de usuários de Power BI. Desde Julho de 2015, a Microsoft trabalha para dar retorno a todas as ideias dadas pela comunidade, que já somam mais de 6.000. Além disso, as organizações ao redor do mundo compartilham soluções criadas em Power BI (mais de 250 atualmente), colaborando com o enriquecimento do conhecimento dos usuários.